Back to Top

Novo Logo Mensagem Diaria

Coragem!

"Na noite seguinte o Senhor, pondo-se ao lado dele, disse: "Coragem! Assim como você testemunhou a meu respeito em Jerusalém, deverá testemunhar também em Roma". (Atos 23:11)

Todos nós estamos sujeitos a passar por períodos de preocupação e medo. A ansiedade toma conta do nosso ser. O futuro nos preocupa, o medo se instala.

O Apóstolo Paulo passou por este momento, experimentou o medo, a ansiedade, a preocupação. Estava preso numa cela fria, escura, úmida. Seu crime? Pregar o Evangelho.

O Senhor visitou Paulo dizendo: Coragem! Pois naquele momento Paulo precisava de encorajamento.

Seja qual for o momento difícil em que você possa estar passando. O Senhor Jesus está ao seu lado.

Não temas!

“Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois, o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar". (Josué 1:9)

"Obrigado Senhor, a Tua mão direita me ampara, me sustenta e me ajuda. Entrego a Ti todos meus medos, dores, preocupações. Pois o Senhor tem cuidado de mim. Oro no nome de Jesus."

Texto: Mônica Guimarães Vicente.

Massacre De Suzano

"Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável." (Salmos 51.10)

Uma geração com o coração doente, emoções desequilibradas, jovens sem sentido e significado.

Uma geração que se deprecia, que se insultam ironicamente, que não amam a si mesmos e muito menos amarão o seu próximo.

Uma geração perdida, sem um caminho, sem uma verdade, pois tudo é relativo e nada absoluto.

Uma geração que não compreende que é má, que é necessário nascer de novo e ser preenchida pelo Espírito de Deus.

Uma geração autossuficiente e ao mesmo tempo tão carente, loucos, gritando por socorro, manifestados em seu silêncio egoísta e orgulhoso.

Uma geração sem Deus, que não acredita no amor verdadeiro, que não conhece e não aceita o homem, Jesus Cristo, que se sacrificou para resgatar toda a humanidade de seus pecados e sofrimentos.

Uma geração de superficialidades, que não contemplam a criação, que não conseguem silenciar sua mente e seu espírito para serem tocados pelo sobrenatural.

Uma geração que busca a paz no mundo, mas esta paz não habita no mundo..."Deixo a paz a vocês; a minha paz dou a vocês. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo." (João 14:27

Texto: Vivian Cristina Thomazinho Vicente.

Estudo Das Mulheres - Quando Tudo Diz Que Não

“Pois o filho despreza o pai, a filha se rebela contra a mãe, a nora, contra a sogra; os inimigos do homem são os seus próprios familiares.” (Miquéias 7.6)

No Antigo Testamento Deus falava com seu povo através dos profetas. Miquéias foi um deles. Miquéias denunciava a profunda degradação moral, espiritual, política econômica que Jerusalém, capital de Judá enfrentava. A nação de Israel vivia em meio ao caos!

Os princípios familiares haviam se degenerado. Pais se rebelavam contra filhos, filhos contra os pais, os inimigos se encontravam dentro de suas próprias casas!

Talvez você esteja em meio a uma crise familiar. Talvez seu casamento esteja degenerado pela contaminação do prazer, do egoísmo, do individualismo, da traição, violência, vícios, etc...

Observamos que o capítulo sete é um contexto de grande caos, de profunda crise!

E o profeta? Como Miquéias reagiu diante disso tudo? Que atitudes o profeta tomou em meio à esta crise, em meio a esta situação caótica?

Qual a atitude que nós devemos tomar também quando estivermos passando por uma crise, por um deserto, por uma situação difícil em nossa vida?

Miquéias mostrou três atitudes essenciais em meio a crise:

“Eu, porém, olharei para o Senhor e esperarei no Deus da minha salvação; o meu Deus me ouvirá.” (Miqueias 7.7)

Voltou seus olhos ao Senhor pois a esperança se encontra apenas em Deus.

Miquéias tinha uma certeza que a sua oração seria respondida: Deus me ouvirá!

“De manhã ouves, Senhor, o meu clamor; de manhã te apresento a minha oração e aguardo com esperança. Tu não és um Deus que tenha prazer na injustiça; contigo o mal não pode habitar.” (Salmos 5:3,4)

Você já orou pela sua família, hoje?

Texto: Mônica Guimarães Vicente.

A Vida Diária nos Tempos de Jesus

Jesus viveu a maior parte de sua vida em Nazaré, já que tinha voltado do Egito por volta de 6 a 9 anos. Já que não sabemos ao certo qual foi a data da Morte de Herodes o Grande, se foi no ano 1 d.C. ou no ano 4 d.C. Sendo assim Jesus viveu cerca de 24 a 21 anos na cidade de Nazaré na Galileia. A região da galileia segundo o Arqueólogo Horsely havia em torno de mais ou menos 200 aldeias de em média 300 habitantes, diferindo dos escritos de Josefo que demonstrava que havia 238 cidades. Nesta região haviam duas grandes cidade Tiberíades e Séforis, a primeira construída por Antipas e a segunda reconstruída com toda glória que uma cidade romana poderia ter. E mais três ou quatro pequenas cidades, como Cafarnaum.

Leia mais aqui

Estudo das Mulheres da Bíblia

Vamos comparar em um relacionamento marido e mulher. Quanto mais o casal se conhece, mais vai tendo intimidade, sabe como agradar ao parceiro. E na vida com Deus como funciona? Digamos que da mesma forma. Quanto mais nos esforçamos para conhecê-lo mais intimidade com Deus teremos e saberemos qual a sua vontade, o que lhe agrada e o que lhe entristece.

Porém precisamos nos esforçar para conhecer a Deus para avançarmos em nosso relacionamento com ele. Muitas vezes reclamos que não ouvimos a sua voz mas nem sequer paramos para conversar com Deus, ou ás vezes só falamos e falamos e não paramos para ouvir o que ele tem a dizer.

Leia mais aqui

 
 

sombra1

Copyright © 2011-2015 - Mensagem Diária logosg