Back to Top

Novo Logo Mensagem Diaria

Túnel Do Tempo - Boa Nova

Publicado: Quarta, 07 Agosto 2019 22:12

“O Espírito do Senhor está sobre mim, porquanto me ungiu para anunciar boas novas aos pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos, e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e para proclamar o ano aceitável do Senhor”. (Lucas 4.18 e 19).

Boa nova é uma expressão do novo testamento que exprime o novo de Cristo, a liberdade ao cativo de vícios e depressões, cura para o doente, a liberdade dos oprimidos pelo mundo, pelo pecado e morte.  O amor incondicional que nos permite retornar ao inicio de tudo, com Deus. A Vida em abundância.

Boa nova, Quanto já ouvimos falar? Palavra desgastada em nossos discursos, mas então porque muitas vezes não vivemos? Por que ainda é apenas um conceito, uma palavra imprimida em páginas e mais páginas que sabemos de decoro, mas que não faz parte de nosso dia.

Esquecemos que este Reino de Deus que implantou a graça, a boa nova, é antes de tudo para quem se arrepende, se submete, ouve e prática suas palavras, está disposto a dizer não para si mesmo.

E principalmente pratica-la por meio de um culto racional, não de vãs repetições da religiosidade, e muito menos dos rituais praticados aos domingos ou na semana inteira.

Já que as boas novas celebra a graça e não, mas a repetição e imposição da lei, mas de princípios culminam ao nosso coração à vontade de Deus.

Por isso não estamos, mas direcionados por resumos extensos do que pode ou não pode, por um “modus operante”*  de talião**, e sim pelo Espirito que nos capacita a andarmos no ilimitado poder da palavra de Deus, e  assim nos tornamos a imagem de Cristo.

E então as boas novas verdadeiramente entrarão em nossa vida e não será apenas um factoide discursivo.

Ore: “Senhor me ajude a viver uma vida por inteiro e não só de palavras. Onde possa sem reservas e embaraços entrar na sua presença e viver a suas boas novas, em nome de Jesus, amém”.

Texto: Lucas Vicente.

* Modo operante

** Lei de talião um modelo de lei praticado na antiguidade que se resumia na condenação segundo mesmo peso do erro e crime. Por isso a expressão olho por olho e dente por dente.

Páscoa* (Dia 1)

Publicado: Sexta, 19 Abril 2019 11:02

“E, tomando um pão, tendo dado graças, o partiu e lhes deu, dizendo: Isto é o meu corpo oferecido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este é o cálice da nova aliança no meu sangue derramado em favor de vós.” (Lucas 22.19–20, ARA).

Pense rápido, se dissermos ‘Páscoa’ o que vem a sua mente? Coelho, ovo de chocolate, peixe, bacalhau, feriado, descanso... Atualmente, talvez a última coisa que viria a sua cabeça é Jesus Cristo, quando falamos de Páscoa.

Mas Jesus nasceu, viveu e morreu por um propósito. Seu nome indicado antes de seu nascimento ao seus pais, José e Maria, já indicavam isso. Jesus tinha o propósito de morrer na cruz pelos nossos pecados. Cristo não morreu na cruz porque Judas o traiu, porque os judeus o entregaram a Pilatos, e Pilatos o condenou a morte de cruz, mas porque era a vontade de Deus.

Toda a humanidade é pecadora, nem menos ou mais, todos pecaram. E por isto, alguém justo, imaculado, que nunca tivesse pecado, precisaria pagar o preço do perdão por nós. E por isto Jesus morreu, na cruz para nos salvar.

Todo este sofrimento, cinematográfico combinado com a música da mensagem não são suficientes para demonstrar a dor, sofrimento e o pesar que Jesus sofreu na cruz por nós. Não deixe que este sacrifício Pascoal seja em vão na sua vida. Imagine que você tivesse uma dívida impagável para com um banco. E alguém muito rico, dissesse para você que pagaria esta dívida para você, com a condição de você ir até o banco e assinar a aceitação deste pagamento. Mas que para você ter esta dívida paga você teria que ir até o banco e assinar? Fazendo a sua parte.

Por isso você precisa fazer uma nova aliança, um pacto com Deus através do Seu Filho Jesus Cristo para que todos os seus erros e pecados sejam perdoados, pois a Páscoa é a libertação do pecado e a ressurreição para uma nova vida em Cristo.

Oração: “Senhor, Deus, Pai, em nome de Jesus, eu oro crendo que Cristo morreu na cruz para me salvar, e aceito este sacrifício na minha vida. Por isso peço perdão por todos os meus pecados, e te peço para me ajudar a viver uma vida nova, como o filho de Deus fazendo a Sua vontade e trazendo o Seu Reino. Amém”.

Texto: Thiago Vicente.

*Mensagem repostada.

Um Encontro Com Jesus

Publicado: Sábado, 12 Janeiro 2019 08:41

"Ao saber que Jesus estava comendo na casa do fariseu, certa mulher daquela cidade, uma pecadora, trouxe um frasco de alabastro com perfume e se colocou atrás de Jesus, a seus pés. Chorando, começou a molhar-lhe os pés com suas lágrimas. Depois os enxugou com seus cabelos, beijou-os e os ungiu com o perfume. Ao ver isso, o fariseu que o havia convidado disse a si mesmo: "Se este homem fosse profeta, saberia quem nele está tocando e que tipo de mulher ela é: uma pecadora". Então lhe disse Jesus: "Simão, tenho algo a dizer a você". "Dize, Mestre", disse ele. "Dois homens deviam a certo credor. Um lhe devia quinhentos denários e o outro, cinquenta. Nenhum dos dois tinha com que lhe pagar, por isso perdoou a dívida a ambos. Qual deles o amará mais?" Simão respondeu: "Suponho que aquele a quem foi perdoada a dívida maior". "Você julgou bem", disse Jesus. Em seguida, virou-se para a mulher e disse a Simão: "Vê esta mulher? Entrei em sua casa, mas você não me deu água para lavar os pés; ela, porém, molhou os meus pés com suas lágrimas e os enxugou com seus cabelos. Você não me saudou com um beijo, mas esta mulher, desde que entrei aqui, não parou de beijar os meus pés. Você não ungiu a minha cabeça com óleo, mas ela derramou perfume nos meus pés. Portanto, eu digo, os muitos pecados dela lhe foram perdoados; pois ela amou muito. Mas aquele a quem pouco foi perdoado, pouco ama". Então Jesus disse a ela: "Seus pecados estão perdoados". (Lucas 7: 37-47)

Um encontro pode mudar para sempre nossas vidas, acredito que como eu você pode ter a oportunidade de vários encontros em sua vida, o primeiro encontro com o grande amor de sua vida, o primeiro encontro do nascimento de um filho, entre outros...

Estes encontros podem mudar nossa maneira de ver e de ser, nos transformam, nos dão esperança, fazem-nos mudar perspectivas de ver e viver a vida.

No entanto nenhum deles pode nos levar ao verdadeiro sentido e real propósito e mudança de nossas vidas, um encontro com Jesus!

O Mestre de nossas almas, aquele que morreu e carregou todos os nossos pecados, o Deus que não poupou o seu próprio filho, Ele nos tirou do império das trevas e nos transportou para o Reino do filho do seu amor!

Jesus tem um encontro marcado em algum momento de nossas vidas, para nos dar esta oportunidade de mudarmos para sempre! 

E em um destes encontros duas pessoas no foco do texto tiverem esta oportunidade "a mulher pecadora" e "Simão", só Deus saberá nos dizer se a vida dos dois foi transformada, entretanto sabemos que a mulher foi perdoada e pode viver uma nova vida.

Mas o texto diz que "aquele a quem pouco foi perdoado, pouco ama", será então que devemos pecar muito para ser mais perdoado? Na verdade o texto nos diz que aquela mulher reconheceu que era pecadora e estava ali se derramando e se humilhando, entregando cada parte de trevas de seu coração, de sua vida pecaminosa, mas Simão não estava quebrantado e não se sentia pecador, por isso Deus não tinha o que fazer.

A palavra nos diz que todos somos pecadores, e se dissermos que não temos pecado somos mentirosos, então Jesus tem muito o que perdoar a cada um de nós, Ele poderá nos amar mais, a medida que confessamos e nos humilhamos, pois assim saberá que queremos ser totalmente dependentes de seu amor e de sua graça.

Se humilhe e confesse, você será amado, perdoado e transformado!

Texto: Vivian Cristina Thomazinho Vicente.

 

 

Pagina 1 de 15

sombra1

Copyright © 2011-2019 - Mensagem Diária logosg