"Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.  Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno". (Hebreus 4. 15-16 – KJA*).

Os olhos nos cercam para onde nós vamos, nos condenando diariamente, ainda que só sentimos sua aura e memória não nos abandona, é como uma sombra. Aonde encontrar o descanso na multidão de dedos e apontamentos, aonde encontrar alento em um mundo hipócrita que proclama a morte ao invés do perdão.

Não importa seu passado, não importa sua situação atual, não importa o que as pessoas digam de você, e nem o que você pensa de si mesmo.

 Lembre-se, não de uma religião, que mata o homem pelos seus ritos, mas de um homem de amor que veio a Terra passar por todas nossas dores e tentações e vencer para que hoje nós tivéssemos vida.

Pois ao contrário do mundo e das religiões, ele não veio para nos julgar, no entanto compadecer de nossas dores e fraquezas, ou seja se colocar em nosso lugar, e assim derramar de sua graça, de seu favor imerecido, afim de que a multidão de pecados e julgamentos não nos leve a sucumbir.

Então, Ele é o caminho para o descanso, basta entregar toda a sorte de dores, de pecados, aflições e ressentimentos, a Ele.

Em contrapartida ele vai tirar a dor que aperta seu coração, sua mente, e deixará a paz que excede todo entendimento, renovar seu semblante e trazer novamente a esperança.

Esperança de não viver mais se escondendo do que não pode se esconder, esperança de não viver mais fingindo que tem um rumo, esperança de não acordar do mesmo jeito, esperança de sair do ciclo contínuo e ir para um caminho linear de vida.

Porém não procure este espaço apenas hoje, pois Ele é contigo todos os dias, procure-o e encontrará descanso constante para sua alma.

Como o Salmista sejamos sábios e plantamo-nos a beira das águas, pois ainda que a seca e calor se acheguem, suas águas sempre estão prontas para nos renovar com vida.

Texto: Lucas Vicente.

* Tradução: King James Atualizada.