"Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo, pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais". (Efésios 6.11-12 - NVI*)

Primeiro precisamos entender quem é o nosso verdadeiro inimigo. É o diabo e não as pessoas, como diz o versículo. Isto deve estar bem claro em nossos pensamentos e atitudes, para não usarmos as mesmas armas que o inimigo usa. O nosso inimigo quer distorcer as situações, como ele fez com a Eva, a enganou, colocando dúvida em seu coração.

"Não tenha inveja dos ímpios, nem deseje a companhia deles; pois destruição é o que planejam no coração, e só falam de violência". (Provérbios 24.1-2 - NVI*)

O provérbio nos diz para não ter inveja. Não se compare com as pessoas que estão lutando contra a sua vida, elas estão sendo usadas pelo inimigo. Então não se ache melhor ou pior que ela. Ímpios são aqueles que não conhecem o amor de Deus, não creram ainda, não seguem os princípios da Bíblia. Sendo assim, eles são conduzidos muitas vezes pelo inimigo. Não devemos esperar o bem deles, mas devemos orar e abençoar a vida deles.

"Não fique de tocaia, como faz o ímpio, contra a casa do justo, e não destrua o seu local de repouso; pois ainda que o justo caia sete vezes, tornará a erguer-se, mas os ímpios são arrastados pela calamidade. Não se alegre quando o seu inimigo cair, nem exulte o seu coração quando ele tropeçar, para que o Senhor não veja isso, e se desagrade, e desvie dele a sua ira. Não se aborreça por causa dos maus, nem tenha inveja dos ímpios, pois não há futuro para o mau, e a lâmpada dos ímpios se apagará". (Provérbios 24.15-20)

Não fique fazendo planos, considerações ou julgamentos das pessoas que estão nas mãos do inimigo. Devemos pensar somente o que é bom e não fazer o que elas fazem nas ocultas. Cuidado para não querer o mal destas pessoas, pois estaremos fazendo o mesmo. Deixe que o Senhor domine esta situação que está enfrentando, busque do Senhor o socorro e livramento.

"Aqui vão outros ditados dos sábios: Agir com parcialidade nos julgamentos não é nada bom. Quem disser ao ímpio: "Você é justo", será amaldiçoado pelos povos e sofrerá a indignação das nações. Mas os que condenam o culpado terão vida agradável; receberão grandes bênçãos. A resposta sincera é como beijo nos lábios". (Provérbios 24.23-26 - NVI*)

A nossa posição deve sempre ser baseada na palavra de Deus, não devemos ceder e usar as armas do inimigo. Lembrem-se sempre de que Jesus amava e acolhia o pecador, mas revelava com sabedoria e autoridade o pecado que a pessoa estava praticando. Então você deve Amar o Pecador e Condenar o Pecado!

"Não testemunhe sem motivo contra o seu próximo nem use os seus lábios para enganá-lo. Não diga: "Farei com ele o que fez comigo; ele pagará pelo que fez". (Provérbios 24.28-29 - NVI*)

A Justiça sempre virá do Senhor, não use de vingança e maldade. Temos um advogado fiel e justo para nos defender.

A NOSSA ARMA SEMPRE SERÁ O AMOR, POIS DEUS É AMOR, ESTA É A BASE PARA TODAS AS OUTRAS ARMAS QUE PRECISAMOS PARA COMBATER E DESTRUIR OS PLANOS DO INIMIGO E NÃO AS PESSOAS!

ORE: Senhor abre os meus olhos espirituais para ver o inimigo que é invisível aos meus olhos naturais. Guarde o meu coração para não odiar o meu próximo, mesmo que ele esteja sendo usado pelo inimigo contra mim. Me ajude Senhor, eu preciso do seu Amor e Sabedoria. Eu perdoou a todas as pessoas que me fizeram algum mau. Em Nome de Jesus, Amém!

Texto: Vivian C. Thomazinho Vicente

*Tradução: Nova Versão Internacional